bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

oi oficialmente inaugurada nesta terça-feira (18) a Sala do Empreendedor de Corupá. A iniciativa é uma parceria entre Prefeitura Municipal e o Sebrae de Santa Catarina, através do programa Cidade Empreendedora. O objetivo é dar suporte – de forma gratuita –  aos microempreendedores individuais (MEIs) e pequenos empresários corupaenses.

Já a partir desta quarta-feira (19), os moradores interessados poderão procurar a Sala do Empreendedor para tirar uma série de dúvidas sobre empreendedorismo. A agente de desenvolvimento Zaira Caroline Maas será a responsável em clarear os questionamentos de quem quer tirar o sonho de um negócio próprio do papel. E também àqueles que já possuem MEI formalizada e precisam de orientações sobre emissão de alvarás, certidões, notas fiscais e outros serviços que serão realizados de graça no novo espaço.

Atualmente, 502 MEIs são registradas em Corupá. A expectativa, com a criação da Sala do Empreendedor, é aumentar este número em 20%, explicou o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Cristiano Hack. “Nosso principal objetivo é desburocratizar serviços e ajudar a formalizar MEIs. Mas com a elaboração do Plano de Desenvolvimento Econômico, pretendemos repassar aos microempreendedores e futuros empreendedores orientações certeiras, inclusive sobre a área que eles pretendem atuar e se ela faz sentido para a economia da cidade”, explicou o secretário.

“Corupá tem potencial de atuação em várias frentes: indústria, tecnologia, comércio, mas principalmente em agricultura e turismo. Estamos em uma cidade que possibilita o nascimento de vários tipos de negócio. Com esta parceria com o Sebrae, vamos conseguir tirar desejos da informalidade; vamos poder ajudar um jovem a realizar o sonho de ter a própria MEI ou uma empresa; e ainda fomentar a economia do nosso município”, complementou o prefeito de Corupá, João Gottardi.

Para o gestor de projetos do Sebrae de Santa Catarina, Celso Orlando Pirmann, que esteve presente na inauguração da Sala do Empreendedor na manhã desta terça-feira, o espaço vai possibilitar “uma ideia se transformar em empresa”. “Se entra na Sala do Empreendedor como pessoa física, e sai como pessoa jurídica. Se começa como empreendedor, e sai empresário. Ela traz dignidade para as pessoas que querem formalizar um projeto de vida”, contou Celso.

Estiveram ainda presentes na inauguração o presidente da Associação Empresarial de Corupá, Eduardo Felipe Finta, e o diretor executivo da Aciac, Jean Carlo Chilomer; e os parceiros do Sicoob, o gerente Fábio Dalla Corte e a gerente comercial, Mayra Cristina Martins.

Serviços disponíveis na Sala do Empreendedor:

– Declaração Anual (MEI)

– Informações de abertura de empresas;

– Formalização de Microempreendedores Individuais (MEIs);

– Emissão de Alvará;

– Emissão de certidões;

– Emissão de Guias Diversas (inclusive a Guia Das-Mei)

– Auxílio para emissão de notas fiscais;

– Apoio, divulgação e incentivo para a participação das micro e pequenas empresas do município nas compras governamentais;

– Orientação e auxílio na parte burocrática e documental para processos licitatórios;

– Cursos, capacitações e consultorias.

Onde fica?

A Sala do Empreendedor está instalada dentro da futura sede da Prefeitura Municipal, na rua Francisco Mees, 1.915, no bairro XV de Novembro, e atenderá das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30.

Sobre o programa Cidade Empreendedora

Corupá é o primeiro município do Vale do Itapocu a aderir ao programa Cidade Empreendedora e servirá de exemplo para as demais cidades da região.

O projeto iniciou no município em abril de 2019. A parceria com o Sebrae auxiliou na implantação, já em dezembro, do Plano de Desenvolvimento Econômico de Corupá, que vai orientar as ações da prefeitura e ajudará os gestores das secretarias municipais na tomada de decisões.

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167