bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

O que fazer ao encontrar um macaco morto em Corupá?
Caso encontre algum primata morto no Município, o morador deve avisar o mais rápido possível a Vigilância Epidemiológica pelo número (47) 3375-2161. Informe também a localização exata de onde está o macaco. O veterinário de plantão será chamado para recolher o animal. O material coletado será enviado em seguida ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), que fica em Florianópolis. E lembre-se: não é preciso ter medo de chegar perto do animal. Ele não transmite a doença. O macaco é tão vítima quanto nós.

Quem pode se vacinar contra a Febre Amarela?
Bebês entre nove meses a adultos de 59 anos de idade. As pessoas acima de 60 anos devem procurar o posto de saúde mais próximo de sua casa para avaliar a necessidade de imunização. Em Corupá, idosos que moram em área rural ou perto de matas estão sendo vacinados. Lembrando que crianças de quatro anos devem tomar ainda neste ano o reforço da vacina contra a Febre Amarela, conforme orientação do Ministério da Saúde. Os pais ou responsáveis também devem procurar por uma Unidade Básica de Saúde.

Eu não lembro se me vacinei. O que fazer?
A orientação é se vacinar. A vacina não vai fazer mal, caso você já tenha tomado em outro período da vida.

Eu não tenho mais minha carteira de vacinação. Posso me vacinar?
É possível se vacinar sem carteirinha de vacinação. Leve um documento com foto. A Secretaria de Saúde irá pesquisar no sistema interno se o morador foi imunizado ou não.

Como a Febre Amarela é transmitida?
O vírus é transmitido por mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes, e macacos costumam ser os principais hospedeiros. Isso significa que não é o macaco que transmite a doença, e sim o mosquito. A morte de um macaco indica que o vírus está circulando na região, por isso a situação é preocupante para os órgãos de saúde. Ou seja, uma pessoa que não se vacinou pode pegar a doença quando entra em contato ou mora próximo de áreas de matas e é picada por um mosquito contaminado.

Tem como prevenir a doença?
A única forma de se prevenir contra a Febre Amarela é tomando a vacina. A imunização é gratuita. Em Corupá, a partir desta quarta-feira (4), as quatro unidades básicas de saúde do Município estão disponibilizando a vacina aos moradores.

Quais são os sintomas da Febre Amarela?
Início súbito de febre; calafrios; dor de cabeça intensa; dores nas costas e no corpo; náuseas e vômitos; fraqueza e cansaço; dor abdominal; e icterícia (pele amarelada). Fonte: Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE-SC).

O que fazer ao constatar os sintomas?
Caso algum morador apresente sintomas de Febre Amarela, ele deve procurar o quanto antes uma unidade de saúde de Corupá, seja o postinho ou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h). No local, serão realizados exames que deverão ser encaminhados para o Lacen, para a confirmação da doença.

Como é feito o tratamento?
De acordo com a DIVE-SC, não há nenhum tratamento específico contra a doença. Primeiramente, o paciente é encaminhado ao hospital de referência de sua região, no caso de Corupá, a unidade de referência é o Hospital São José, em Jaraguá do Sul.
O médico deve tratar os sintomas, como dores no corpo e na cabeça com analgésicos e antitérmicos. Salicilatos (AAS e Aspirina) devem ser evitados, já que seu uso pode favorecer o aparecimento de manifestações hemorrágicas.

A Febre Amarela pode matar?
A Febre Amarela é uma doença infecciosa – causada por um vírus – que pode levar a pessoa à morte em cerca de uma semana, se não for tratada rapidamente. O período em que o vírus se manifesta no homem pode variar de três a seis dias após a picada, podendo se estender até 15 dias. A maioria das pessoas apresenta melhora após os sintomas iniciais. No entanto, de acordo com a DIVE-SC, cerca de 15% das pessoas apresentam um breve período sem sintomas e, então, desenvolvem uma forma mais grave da doença.

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167