29.7 C
Corupá
domingo, junho 23, 2024

Decretada Situação de Emergência em Jaraguá do Sul por causa da paralisação nacional

GeralDecretada Situação de Emergência em Jaraguá do Sul por causa da paralisação nacional

Foi publicado no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira (28), o Decreto Nº 12.091/2018, assinado pelo prefeito Antídio Aleixo Lunelli, criando o “Comitê de Gestão de Crise” e que declara Situação de Emergência no Município de Jaraguá do Sul. A decisão pelo Decreto ocorreu na noite deste domingo, após reunião na Prefeitura, com gabinetes do prefeito e do vice, secretários e diretores municipais, e representantes das polícias Militar e Civil, Bombeiros Voluntários, hospitais, Fujama, Samae, Ambiental, Issem, Procuradoria e Controladoria do Município.nnO objetivo foi avaliar as consequências da continuidade da greve dos caminhoneiros e o impacto do movimento de paralisação que tomou proporções em todas as regiões do País, especialmente neste fim de semana, e agravada principalmente pela falta de combustíveis, que compromete a prestação de alguns serviços no município. Diante disso, todos os representantes dos órgãos públicos e prestadores de serviços como o atendimento dos bombeiros, polícias, abastecimento de água, tratamento de esgoto, entre outros, apresentaram um resumo sobre a atual situação.nnUma das primeiras medidas adotadas pela Administração Municipal ainda na semana passada foi reduzir o uso dos veículos da Prefeitura, reiterada durante a reunião pelo secretário da Administração, Argos Burgardt, de que somente poderão circular em situações consideradas urgentes. Tal medida se estende a todas as secretarias e autarquias municipais.nnEm relação aos serviços prestados pelos hospitais, ambas as unidades (Hospital Jaraguá e Hospital São José), estão com a situação controlada por mais alguns dias. No caso do Hospital Jaraguá, existem insumos para as operações até a próxima quarta-feira, com a suspensão de cirurgias eletivas. Já o Hospital São José tem condições de manter o funcionamento das operações por um período de cinco dias, também suspendendo as cirurgias não emergenciais. Já os serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde não sofrerão alteração. De acordo com o secretário Dalton Fernando Fischer, o fornecimento de medicamentos e insumos está assegurado pelos próximos dez dias. “A maior preocupação é com o deslocamento dos servidores de suas casas até os locais de trabalho, já que temos profissionais que residem fora de Jaraguá do Sul e estão com dificuldades de conseguir combustível para o deslocamento”, informou ele.nnJá na Educação, o secretário municipal Rogério Jung informou que não há necessidade de interromper as aulas na rede municipal de ensino e nos centros municipais de educação infantil, já que existem alimentos para a merenda escolar para os próximos dias e gás de cozinha até terça-feira da próxima semana (5 de junho).nnO secretário de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi, informou que neste começo de semana será mantido o esquema de funcionamento do transporte coletivo, já anunciado na última sexta-feira (25), ou seja, com os ônibus circulando a partir das 4 horas desta segunda-feira (28), atendendo especialmente os horários de pico no Município.nnA secretária de Assistência Social e Habitação, Maria Santim Camello, relatou que não há maiores problemas nos serviços da pasta, sendo mantidos os atendimentos nos Creas e Cras e com suprimentos suficientes para as crianças e adolescentes que estão no abrigo, por duas semanas pelo menos.nnAtualmente, um dos serviços mais prejudicados é a coleta de lixo doméstico, que está suspenso desde a manhã da última sexta-feira (25). De acordo com relatos dos representantes da empresa Ambiental e do Samae, existem aproximadamente 200 toneladas de lixo a serem recolhidas nas residências e mais 100 toneladas depositadas em carretas na estação de transbordo na região de Nereu Ramos. A maior dificuldade está em transpor os quatro pontos de manifestação existentes no trecho entre Jaraguá do Sul e a cidade de Mafra, onde está localizado o aterro sanitário que recebe estes resíduos. O transporte poderá acontecer ainda na noite deste domingo, com escolta policial. Uma nova reunião para debater alternativas de solução ao problema está agendada para as 8 horas desta segunda-feira (28), na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito. Na mesma oportunidade, será tratada a questão do tratamento de água e esgoto, já que deve ser buscado insumo para o tratamento de esgoto na cidade de São Bento do Sul ainda nesta segunda-feira.nnOs eventos esportivos previstos para acontecer nesta semana pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer devem ser cancelados, entre eles o Dia do Desafio que está agendado para o dia 30. Também deve sofrer alteração o Campeonato Municipal de Bocha, que teria rodada nesta terça-feira (29).nnNa agricultura, um dos maiores problemas é o fornecimento de ração para 12 aviários instalados no interior de Jaraguá do Sul. Embora não haja bloqueio nas rodovias para o transporte de rações, não há produção nas fábricas, o que agrava ainda mais a crise no setor.nnA Fujama, juntamente com Samae, Secretarias de Obras, Administração, CDL e demais parceiros mantém o programa Bota Fora neste começo de semana, fazendo a partir das 7h30 desta segunda-feira (28), o recolhimento dos materiais depositados pelos moradores dos bairros Centenário, Vila Lalau e Vila Baependi.nnDiante de todos os fatos relatados, a Chefe de Gabinete do Prefeito, Emanuela Christian Wolff informou a decretação de Situação de Emergência com validade de 20 dias, a contar do dia 24 de maio, data em que foi publicado decreto sobre a alteração dos horários do transporte coletivo no Município.

Leia mais:

Leia mais sobre:

Os mais populares