Encerrada por volta das 15 horas deste sábado (23), a convenção estadual do MDB apontou vitória de Udo Döhler frente ao ex-prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, na disputa por indicação à candidatura ao governo de Santa Catarina. FORAM 276 votos para Udo, 193 para Lunelli e 5 brancos ou nulos, totalizando 474 convencionais votantes

Com o resultado, o partido deverá apontar Döhler como vice do governador, Carlos Moisés (Republicanos), que buscará à reeleição. Já na disputa para indicação ao senado, Celso Maldaner venceu o seu oponente Peninha por 262 votos contra 205, além de 7 brancos e nulos

Mais de 400 convencionais participaram da escolha. Foto – Moacir Pereira

Floriani Equipamentos para Escritório

Apesar da vitória, a assessoria jurídica de Lunelli entrou com um pedido de impugnação da inscrição do Dölher alegando que o ex-prefeito de Joinville não seguiu o que determina o edital de convocação da convenção como a deliberação sobre a participação no pleito majoritário com indicação e candidato ao cargo. Na alegação da defensoria jurídica de Antídio Lunelli, a inscrição de Udo é inexistente por foi feita pela bancada que, em tese, não teria legitimidade para isso.  O presidente em exercício do diretório estadual do MDB, Edinho Bez, disse que se posicionará sobre o pedido na próxima segunda-feira, dia 25.

Para mais notícias, acesse | Portal Tim Francisco
Confira também os nossos | Classificados

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp