O Comitê de Monitoramento e Enfrentamento ao Coronavírus/Covid Municipal, esteve reunido na manhã de sexta-feira (3), na sede da Associação Empresarial. Durante o encontro, comandado pelo prefeito, Luiz Carlos Tamanini, que também é o presidente do Comitê, foram apresentados os números mais recentes da pandemia, que mostram uma desaceleração de positivados e monitorados no município, mas ao mesmo tempo, a preocupação com a Variante Delta, uma forma mais potente do vírus.

Apesar de prejudicada pelo atraso no envio de novas doses da vacinação na semana passada, a campanha de imunização em Corupá continua sendo considerada um sucesso. Faltam pouco mais de 680 pessoas para que todos de até 18 anos, recebam a 1ª dose, enquanto que aproximadamente 30% do público alvo, já recebeu as duas doses e outras 526 tomaram a dose única do imunizante.

Plano de Contingência Municipal

No mesmo encontro, o Secretário Municipal de Saúde, Felipe Rafaeli Rodrigues, apresentou a proposta já aprovada pelo Conselho Municipal de Saúde, que propõe a criação do Plano de Contingência Municipal (anexo), tomando por base as determinações e orientações das autoridades do setor em Santa Catarina.

A ideia é disciplinar a realização de eventos em Corupá, uma vez que diante do impedimento em outros centros, muitos promotores da área estão recorrendo aos municípios menores, onde, teoricamente, as restrições seriam mais brandas.

Entre outras ações, o plano determina que todos os organizadores de eventos preencham um formulário que estará disponível no site da prefeitura municipal, onde detalharão um plano de ação quanto às medidas preventivas e de urgência, assim como a responsabilidade legal quanto à promoção.

O documento será analisado pelo setor jurídico da prefeitura e recebendo parecer favorável, seguirá à tributação e após, para o crivo da vigilância sanitária. Somente após o trâmite, previsto para durar em torno de 20 dias, é que receberão a autorização. Por isso, é importante que os promotores de evento ingressem com o processo, pelo menos, 60 dias antes da data de realização, ressaltando que a região está em estado gravíssimo, fato que impossibilita qualquer promoção com público superior a 100 pessoas.

“A intenção não é impedir a realização do evento, mas sim proteger a nossa comunidade. Nós sabemos que a variante Delta é uma realidade nos municípios próximos e quando se realiza uma promoção maior, veem pessoas de várias regiões, fato que pode favorecer à disseminação do Coronavírus e da nova variante. A nossa preocupação e a do prefeito Tamanini, é salvaguardar os nossos moradores”, observou Felipe

Confira o Plano na íntegra

PLANO DE CONTINGÊNCIA CORUPÁ

Para mais notícias, acesse | Portal Tim Francisco
Confira também os nossos | Classificados
campanha setembro amarelo
O-Corupaense-820x461

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp