A Polícia Civil do Município de Corupá/15ª DRP com o apoio da Divisão de Investigação Criminal-DIC de Jaraguá do Sul, deu cumprimento ao Mandado de Prisão em desfavor de um homem de 28 anos condenado com sentença definitiva a 14 anos de prisão pela prática de crimes de estupro de vulnerável. Os crimes ocorreram na cidade de Corupá e foram investigados pela delegacia desta cidade no ano de 2017. Na ocasião, este homem, que era professor da rede de ensino público, cometeu os ilícitos penais após trocar fotos íntimas com conteúdo libidinoso com seus próprios alunos.

O professor já havia sido preso após a conclusão do inquérito policial, porém, por ter recorrido na justiça chegou a ser solto. No decorrer do processo o mandado de prisão foi aberto novamente e após tomar conhecimento, através de investigações a delegacia de Corupá localizou seu paradeiro e identificou que ele estava residindo na cidade de Curitiba/PR, em um bairro nas adjacências da região central. Local onde levava uma vida reservada para não levantar suspeitas da polícia, tendo em vista que tinha conhecimento que o mandado de prisão estava aberto.

Ricardo Brandt, que é o responsável pela delegacia de polícia de Corupá, deu cumprimento ao mandado de prisão

Floriani Equipamentos para Escritório

Dessa forma, nesta data com o apoio operacional da DIC foi formada uma diligência que culminou na prisão do autor dos fatos.

Veja o momento em que os policiais civis, cumpriram o mandado de prisão contra o professor

Após a prisão, o condenado pela justiça foi conduzido até a delegacia de Jaraguá, onde realizou-se a comunicação ao Juízo e, posteriormente foi levado para o Presídio Regional da cidade, onde permanece à disposição da justiça.

Para mais notícias, acesse | Portal Tim Francisco
Confira também os nossos | Classificados

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp