campanha-aniversario-jaragua-do-sul

A Polícia Civil, por meio de Agentes da Divisão de Investigação Criminal de Jaraguá do Sul, prendeu em flagrante na tarde de ontem (16), uma mulher que tentava vender um terreno que não lhe pertencia. A estelionatária convenceu a vítima de que um terreno situado no bairro Caixa D’água, em Guaramirim, era de sua propriedade, e que pretendia vendê-lo pelo valor de R$ 50.000 (cinquenta mil reais).

A vítima se mostrou interessada, porém, desconfiou que essa mulher pudesse não ser a real proprietária do imóvel, razão pela qual solicitou apoio de Policiais para verificar os fatos. Ao chegar no cartório de notas e registro civil da cidade de Schroeder, a golpista já estava com o contrato particular de compra e venda redigido e buscava reconhecer as assinaturas do referido instrumento, a fim de passar credibilidade à vítima. Ao ser solicitada a matrícula e/ou escritura do terreno, ela informou que não possuía o documento. Já na unidade policial, apurou-se que o proprietário desse imóvel reside em outra cidade e não tem qualquer relação com a estelionatária. Diante dos fatos, mulher foi autuada em flagrante e permanece presa aguardando deliberação judicial.

campanha câmara de vereadores de jaraguá do sul
Midia camara - julho

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp