campanha-aniversario-jaragua-do-sul

Leonan Leopoldo Vierbrantz Bublitz, de 20 anos, acusado de esfaquear o amigo em Abril de 2020 em Corupá, foi a Júri popular nessa quinta-feira (24), no Fórum de Jaraguá do Sul.

Na época, o jovem acertou a vítima com vários golpes de faca no braço. De acordo com o Ministério Público, a suposta tentativa de homicídio ocorreu por motivo foi fútil, devido a uma desavença relacionada a drogas. A vítima ainda teria sido atingida de surpresa, não conseguindo se defender.

O caso, inclusive, marcou o retorno dos julgamentos de réus presos na região, que estava suspenso por causa da pandemia.

De acordo com os sete jurados do júri popular, só houve lesão corporal, não cabendo a acusação de tentativa de homicídio. Diante disso, a pena estabelecida foi de quatro meses de detenção, em regime aberto.

Segundo o Código Penal (Art. 129), ofender a integridade corporal ou a saúde de outra pessoa é considerado lesão corporal com pena de detenção de três meses a um ano.

Para mais notícias, acesse | Portal Tim Francisco
Confira também os nossos | Classificados
campanha câmara de vereadores de jaraguá do sul
Midia camara - julho

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp