Por volta das 9h20 de hoje (8), a Central Regional de Emergências recebeu informação de que um mulher havia conseguido se libertar de sua residência, onde estava presa e que havia sido agredida. Uma guarnição esteve no local, onde a vítima de 31 anos de idade, que tinha lesões leves aparentes, informou aos policiais que possuía medida protetiva contra o autor, homem de  29 anos, em razão de violência doméstica ocorrida nos anos de 2017 e 2019 e que, no dia 04 deste mês, o autor foi até a sua residência, onde a agrediu  com socos e chutes,tomou o seu celular e a manteve em cárcere privado até hoje, quando conseguiu se desvencilhar e acionar a Polícia Militar.

Enquanto uma guarnição realizava rondas nas proximidades, outra ficou na residência, ciente de que o autor poderia voltar para matar a vítima (conforme relatado por ela), momento em que o acusado retornou e ao visualizar a viatura, tentou investir contra os policiais que tiveram que fazer uso de arma menos letal  para contê-lo. Por fim, o  homem foi algemado e conduzido até à Delegacia de Polícia Civil de Jara

campanha vacinacao jgs
campanha jgs

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp