Por volta das 18 horas de ontem (22), os bombeiros voluntários de Jaraguá do Sul foram acionados para atender a uma ocorrência envolvendo um idoso que foi picado por uma cobra jararaca de aproximadamente, 30 centímetros.

O fato ocorreu na Rua Eurico Duwe – Bairro: Rio da Luz. A vítima, 61 anos, iniciais H.H., apresentava as marcas da picada no pé direito, sendo conduzida ao Hospital São José.

Até chegar ao hospital ou até a chegada da ajuda médica, o que se deve fazer para melhorar as chances de salvamento são:

  1. Lavar o local com água e sabão, para limpar a ferida e impedir a entrada de mais veneno ou micro-organismos;
  2. Amarrar um pedaço de tecido alguns centímetros acima do local da picada de cobra. No entanto, não se deve amarrar muito apertado porque pode causar maiores complicações, e se já passou mais de meia hora da picada da cobra, não se deve amarrar.

    O que não fazer após a picada

    Existem várias crenças populares sobre o que fazer após uma picada de cobra, no entanto, é desaconselhado:

    • Tentar sugar o veneno para fora da picada;
    • Fazer um torniquete apertado;
    • Cortar o local da picada;

    Além disso, também não se deve aplicar qualquer tipo de mistura caseiras sobre a picada, pois além de não existir comprovação científica, pode acabar causando uma infecção do local.

Para mais notícias, acesse | Portal Tim Francisco
Confira também os nossos | Classificados
campanha setembro amarelo
O-Corupaense-820x461

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp