Na tarde de ontem (28), a DIC – Divisão de Investigação Criminal – deu cumprimento a dois mandados de prisões preventivas decretadas em desfavor de um casal residente no bairro 25 de julho, em São Bento do Sul. As prisões foram expedidas em investigação que apura homicídio tentado e furto qualificado, ocorrido no mês de março deste ano. Na ocasião, a vítima foi emboscada em local ermo durante a madrugada, quando ia para o trabalho. Após sofrer espancamento com pedaços de madeira por parte de dois homens, que ocupavam uma motocicleta, acabou desmaiando. Os agressores fugiram, acreditando que a vítima havia morrido. A apuração da DIC identificou os responsáveis, sendo um deles adolescente, que responderá a procedimento específico.

Ainda segundo a investigação, a mulher presa foi mandante do crime e ainda planejavam atentar contra a vida de um segundo alvo. A motivação foi vingança por ter sido demitida da empresa em que trabalhava. Durante a ação policial também foram cumpridos dois mandados de busca, que resultaram na apreensão de telefones celulares dos envolvidos. Em continuação às diligências, a equipe da DIC realizou oitivas e conseguiu recuperar o aparelho celular subtraído da vítima, bem como identificou a motocicleta utilizada no delito. Por fim, os policiais também obtiveram indícios do envolvimento do casal com o narcotráfico. Após serem interrogados, ambos foram encaminhados ao presídio regional de Mafra. A ação teve apoio de policiais da Delegacia de Polícia da Comarca de São Bento do Sul.

O crime

Na madrugada de sexta-feira, 13 de marmo, no parque Mariane, o funcionário da empresa Máxima Móveis, Everaldo de Paula Rubner de 47 anos foi violentamente agredido por dois homens em uma motocicleta. Segundo informações apuradas, a vítima se deslocava ao trabalho, quando foi abordada por volta das 04h30, por dois indivíduos encapuzados em uma motocicleta. Everaldo levou vários golpes na cabeça e teve algumas costelas fraturadas e permaneceu interno. Na ocasião, a polícia trabalhava como a hipótese de assalto e tentava encontrar câmeras de segurança que pudessem auxiliar na identificação dos criminosos.

Fonte: sãobentonoticias

 

campanha vacinacao jgs
campanha jgs

Faça parte do nosso grupo no Whatsapp