bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-320x100

A Prefeitura de Corupá está preparada para vacinar a população contra o coronavírus, seguindo o cronograma estadual de vacinação que por sua vez, se baseia nas orientações do plano nacional. A afirmação é da secretária municipal de saúde, Franciesca Lunelli. De acordo com ela, os vacinadores do município estão capacitados e só aguardam o envio das doses para começar a imunizar. “Segundo o Ministério da Saúde, o Governo Federal fornecerá a vacina e o insumo necessário como seringas e agulhas. No entanto, se faltar material, nós temos o suficiente para atender as primeiras fases”, observou.

Seguindo as orientações dos Planos Nacional e Estadual de Vacinação, a imunização obedecerá a quatro fases, sendo que na primeira serão atendidos trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena.

Numa etapa seguinte, estão programadas para receber a vacina contra a COVID, pessoas entre 60 e 74 anos. Na terceira fase do Programa Nacional de Vacinação, será atendido o público com comorbidades que apresenta maior chance para agravamento da doença (como portadores de doenças renais crônicas, cardiovasculares, entre outras) e por fim, professores, forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional. “Ainda não há data prevista para iniciar a vacinação, mas o público alvo determinado pelo Ministério da Saúde pode ficar tranquilo que nossa equipe está pronta para executar a imunização com a mais absoluta segurança”, disse Franciesca.

Expectativa de vacinação

Numa primeira fase da campanha de vacinação contra a COVID, a expectativa é imunizar em Santa Catarina 426.678, número que saltaria para 844.644 na segunda etapa, 1.365.028 na terceira etapa e por fim, 166.289 na última fase, totalizando 2.802.639 em todo o estado. “Já possuímos um levantamento completo em Corupá sobre as doses necessárias nas fases da vacinação, levando-se em conta o público alvo em cada uma delas”, finalizou a secretária municipal de saúde.

Insumo em estoque

O prefeito de Corupá, Luiz Carlos Tamanini, ressalta que a secretaria municipal de saúde possui material suficiente para atender as primeiras fases da campanha. “A experiência de anos de vacinação do governo federal nos dá tranquilidade suficiente, mas caso haja alguma falha nessa distribuição, o município tem capacidade suficiente para suprir a demanda. Nossa comunidade tem que estar sempre em primeiro lugar”, disse Tamanini

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167