bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-320x100

Adriano Silva (Novo), 42, foi eleito neste domingo (29) prefeito de Joinville. A cidade de Santa Catarina será o único município administrado pelo partido em todo o país. O empresário disputava o segundo turno com o deputado federal Darci de Matos (PSD). Com 99,70% das urnas apuradas, Adriano Silva tinha 55,42% dos votos e Darci de Matos, 44,58%.

As eleições deste ano foram a estreia de Silva na vida política. Até então, ele liderava a empresa farmacêutica familiar, Catarinense Pharma.

Alinhado ao discurso do partido, suas propostas pregam a austeridade financeira da gestão pública. Silva promete uma reforma administrativa na prefeitura e não criar mais secretarias.

“Com uma estrutura bem menor, fazer mais, fazer melhor”, observa o plano de governo. Ele quer incentivar o transporte público na cidade e retomar grandes obras estruturantes. No plano de governo dele, há inúmeras referências a fazer parcerias com a iniciativa privada na saúde, na cultura e no saneamento básico.

Com uma chapa puro-sangue, a vice eleita será a jornalista Rejane Gambin. No segundo turno, o único apoio declarado à sigla foi do Podemos.

Dessa forma, Silva conta com três vereadores eleitos pelo Novo entre os representantes na Câmara Municipal e deverá buscar alianças para ampliar sua base de governo.

Ao assumir em 1º de janeiro, o prefeito vai se deparar com uma cidade com trânsito lento e engarrafamentos. Terá de encontrar soluções para resolver a circulação de veículos na área central.

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167