bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

Na tarde de ontem (22), uma funcionária de 24 anos foi vítima de estupro dentro da loja de roupas em que trabalha no centro de Joinville. A polícia trabalha com a possibilidade do bandido ter hipnotizado a vítima.

As câmeras de segurança da loja registraram toda a ação do marginal. O suspeito, um homem entre 50 e 60 anos, alto, obeso, com roupa social e mochila preta entrou no estabelecimento e ficou mais de uma hora fazendo um tipo de ritual com a vendedora, que no momento da abordagem, estava sozinha. O homem ainda furtou R$ 220 do caixa da loja.

De acordo com a Polícia Militar, provas genéticas do autor foram encontradas na roupa da jovem. O material foi recolhido e será usado para perícia pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Joinville

O homem fugiu antes dos policiais chegaram ao local e a vítima foi encaminhada para o Hospital Regional de Joinville.

A delegada, Cláudia Lopes Gonzaga, responsável pelo caso, afirma que avaliam a possibilidade do uso de hipnose ou outra forma de indução. A mulher deve prestar depoimento à Policia Civil nesta quinta-feira.

 

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167