bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

Por volta das 20h30 de ontem (21), a Central Regional de Emergência (CRE) foi acionada através do telefone 190 por cidadão bastante alterado que disse ter sido vítima de disparo de arma de fogo e que o autor seria Corticeirinha, em Guaramirim.

 

Após muitas tentativas para localizar a vítima, as guarnições conseguiram encontrar o cidadão de 45 anos e ele disse aos policiais que um homem teria efetuado (03)três disparos com uma pistola contra ele. Após a guarnição desconfiar que era mentira, os policiais conversaram com moradores próximos à residência e ninguém relatou ter ouvido barulho de tiro.

No local dos fatos, Rua Luiz Alves, no mesmo bairro,  também não havia nenhum estojo de munição deflagrada e só então a vítima admitiu que houve apenas uma discussão com o outro homem e mentiu sobre a arma e os disparos. Os policiais localizaram o envolvido e ele confirmou que teve sim uma discussão com a vítima, mas nega ter arma e tão pouco ter efetuado disparados. Diante dos fatos, a suposta vítima, de 45 anos, acabou recebendo voz de prisão pelo crime de Comunicação falsa de crime, e como ele aceitou o benefício da lei 9099/95 foi liberado após a lavratura de um Termo Circunstanciado.

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167