Polícia civil prende nesta manhã (9), em Barra do Sul, chefe do tráfico de drogas em Corupá

1592
bianca-ad-hd
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil em Jaraguá do Sul prendeu o chefe do tráfico de drogas em Corupá. Anderson dos Passos Conceição, de 25 anos, foi detido durante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva em Balneário Barra do Sul, no início manhã desta terça-feira (9).

A prisão é um desdobramento de uma operação que a Polícia Civil desencadeou contra o tráfico de drogas no município. De acordo com o delgado Diones de Freitas, Anderson já era foragido após uma condenação por tráfico de drogas, pertence a uma facção criminosa e gerenciava a venda de entorpecentes no município.

“Quando desencadeamos a operação, ele conseguiu fugir pelos fundos da casa. No dia seguinte, ele alugou uma residência em Barra do Sul. Ele era quem mantinha o contato com os fornecedores de Joinville e trazia a droga para ser pulverizada na cidade”, comenta Freitas.

Durante a operação que desarticulou o esquema de tráfico de drogas em Corupá, foram apreendidos um quilo de maconha, 100 gramas de cocaína, 50 gramas de crack e 25 micropontos de LSD. A droga foi avaliada em aproximadamente R$ 10 mil.

Os três presos em flagrante durante a ação foram flagrados enquanto traziam os entorpecentes de Joinville e estavam a serviço de Anderson. Eles participavam de um esquema de tráfico de drogas articulado e que buscava enganar a polícia.

As pessoas seguiam para Joinville não sabiam com quem iriam buscar os entorpecentes. Depois, as drogas eram escondidas em residências de pessoa que não tinham passagens criminais.

“Na primeira vez, o Anderson foi preso pela polícia com as drogas. Então, ele achou que seria mais difícil ser preso se não estivesse com os entorpecentes em mãos. Mas a investigação comprovou que ele era o articulador do esquema de tráfico”, destaca o delegado. O traficante foi levado para o Presídio Regional de Jaraguá do Sul. Além da condenação já dada pela Justiça, ele deve responder novamente por tráfico de drogas e por associação ao tráfico.

Fonte: OCPNews

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167