Ninguém entra e ninguém sai. Fronteiras com Santa Catarina serão fechadas

7822
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

Ao confirmar 21 diagnósticos do novo coronavírus (Covid-19) em Santa Catarina no final da tarde desta quinta-feira (19) e mais de 300 casos em investigação em todas as regiões do estado, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) anunciou novo decreto, ainda em situação de emergência, e aumentou duas restrições.

Em transmissão online, Moisés declarou que as divisas de Santa Catarina serão fechadas para circulação de transportes coletivos e proibiu o agrupamento e a permanência de pessoas em espaços públicos, como praças, parques e praias em todo o território catarinense.

Um decreto cria duas novas restrições sobre o transporte e proíbe o ingresso no território catarinense, público ou privado, de veículos de fretamento intermunicipal e interestadual. “Assim, a gente fecha as divisas com estados vizinhos e fronteiras” — declarou. Da mesma forma, fica proibida a permanência em espaços públicos em consonância com determinações de muitos municípios de SC, segundo o governador, para que haja um padrão de conduta em todo o território no período de situação de emergência:

— O dia de hoje transformou cidades e ambientes, e acho que a decisão foi acertada. Temos informação que locais que não fizeram o bloqueio do trasporte publico, hoje registra alta transmissão do vírus.

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167