Marido que mantou a esposa e abandonou o corpo no carro, é condenador a mais de 20 anos de cadeia

462
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167
Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167

Floriani Equipamentos para Escritorio=

A justiça de Jaraguá do Sul condenou nesta terça-feira (20), Marcelo Kroin, a 20 anos e 6 meses de prisão em regime fechado. Ele passou por juri popular, após matar e deixar o corpo da sua esposa, Andreia Campos Araújo, enrolado no cobertor dentro do carro. A vítima foi encontrada no dia 5 de agosto do ano passado. Inicialmente, havia a suspeita de que ela estava grávida, mas esta hipótese foi descartada após exames periciais. Kroin foi condenado por homicídio qualificado por emprego de asfixia, dificultar a defesa da vítima, feminicídio e tentativa de ocultação de cadáver. O júri, que começou por volta das 9 horas, terminou às 4 horas da tarde.

Banner-Web-Portal-O-Corupaense-640x167