Início cidades Mulher é estuprada, agredida e mantida presa em casa pelo ex-companheiro

Mulher é estuprada, agredida e mantida presa em casa pelo ex-companheiro

235
0
COMPARTILHAR
Webp-net-resizeimage
Estupro/cárcere privado/lesão corporal/resistência.
Local: Rua Adelaide de Toffol – Tifa Martins – Jaraguá do Sul
Data/Hora: 09/12/2018 08:11:00
Histórico:
 

A Central de Emergências recebeu uma ligação informando Violência doméstica (Lei Maria da Penha). chegando ao local, os policiais conversaram com a senhora de 29. Ela informou que  seu Ex-companheiro teria invadido sua residência, quebrando o vidro da janela lateral  e teria lhe agredido com socos e chutes e após, ele teria lhe estuprado e obrigado ela a permanecer no interior do imóvel. Após ele dormir, a vítima conseguiu fugir e acionar a polícia militar. Diante dos fatos, mas ele pegou um pá e tentou agredir a guarnição, sendo necessário o uso de munição de elastômero  (munição de borracha). Ainda assim, o homem tentou agredir a guarnição com socos, sendo necessário o uso da Tonfá. Algemado, o autor e vítima foram levados ao hospital São José de Jaraguá do Sul para procedimentos médicos e posteriormente encaminhou ambos para a delegacia de polícia civil.
Foi constatado que o homem rasgou um calção e a calcinha para realizar o estupro na vítima, material que foi recolhido pela polícia. No local onde a feminina foi estuprada e mantida em cárcere, havia bastante sangue proveniente das agressões sobre a vítima.

“https://www.facebook.com/porttoni/”>

Perturbação / Desobediência/ Resistência/ DesacatoLocal:Rua Miximino Beber, Jaraguá do SulData/Hora:09/12/2018 21:20:00Histórico:

Uma viatura foi empenhada para tender ocorrência de som perturbador em uma residência. No local, os policiais constataram o fato, porém, os responsáveis pela festa não acataram as orientações e ordens legais dos policiais e passaram a xingar a guarnição de (‘porcos, FDP’, etc…) Foi então solicitado apoio de outras viaturas devido ao numero de pessoas presentes na festa, quando o reforço chegou os xingamentos se estenderam a todos os militares ali presentes. Foi dado voz de prisão aos envolvidos que resistiram e usaram de força física contra os policiais, os quais revidaram com técnicas de imobilização para poder algemar os autores. Quatro pessoas, sendo dois homens com 18 e 23 anos e duas mulheres com 25 e 21 anos foram conduzidos à delegacia. O som que produzia a perturbação foi apreendido.

 

Vias de fato/Desobediência
Local: Rua 1 de Maio, Estrada Nova, JGS
Data/Hora: 09/12/2018 19:45:36
Histórico:
A CRE recebeu informação de vias de fato no local informado. Os Policiais ao chegarem, foram atacados por homem de 47 anos, mesmo antes de sair da viatura. Sendo necessário uso de munição menos letal (elastômero) para ser contido com uso de progressivo de força, pois reagia ativamente até ser algemado . Foram detidos também senhor de 26 anos e senhora de 32 anos. Outro masculino envolvido consegui fugir, segundo testemunhas, muito antes dos Policiais chegarem no local . Conforme relatos, a briga  ocorreu devido um conflito envolvendo o senhor de 26 anos e o que havia fugido, e a ex e atual companheira dos agentes, que seria a senhora de 32 anos. O senhor de 47 anos que tentou agredir os Policiais mesmo antes de desembarcarem da viatura, declarou que estava tentando apaziguar a briga entre os outros dois homens com quem tem parentesco. A senhora de 32 anos, declarou que se envolveu na vias de fato também tentando acalmar os dois homens. Diante da situação, os Policiais deram voz de prisão aos  envolvidos, que conforme a legislação tiveram e aceitaram termo circunstanciado, onde foram compromissados a comparecer ao juizado especial criminal. Os Policiais concluirão o registro e liberaram os autores compromissados.

 

 

 

Auto Posto Corupá