Início Cidade Candidato Justinho de Corupá, vence eleição nacional do Projeto Plenarinho

Candidato Justinho de Corupá, vence eleição nacional do Projeto Plenarinho

84
0
COMPARTILHAR

O candidato Justinho, da Escola Municipal José Pasqualini, de Corupá, foi a vencedora da eleição nacional do Eleitor Mirim que integra o Projeto Plenarinho da Câmara Federal. A cada dois anos, o Plenarinho promove o Eleitor Mirim, programa que tem por objetivo conscientizar as crianças sobre a importância da democracia, com a simulação do processo eleitoral. Na edição de 2018, cinco candidatos, criados por estudantes em escolas de diversas regiões do País, concorreram ao cargo de deputado federal. A participação no Eleitor Mirim foi coordenada pela professora Meiriellen Colares com as turmas do 6º ano matutino e vespertino da escola com envolvimento de professores, coordenação, direção e as outras três escolas municipais e comunidade que participaram da votação.

“https://www.facebook.com/porttoni/”>

O Eleitor Mirim 2018 registrou 19.411 votos de crianças de todo o Brasil. Justinho foi eleito com 7.899 votos contra 6.356 da chapa que ficou em segundo lugar de Votorantim (SP). Em campanha, o candidato do Partido da Renovação Jovem (PRJ) prometeu igualdade de direitos para todas as crianças e adolescentes por meio do acesso à informação, à tecnologia e principalmente à justiça. Propôs investir em educação pública gratuita e de qualidade e segurança para os jovens, na intenção de um Brasil melhor.

Justinho tomará posse em fevereiro de 2019 e, durante dois anos, vai responder às perguntas sobre o Poder Legislativo, os direitos da infância e adolescência ou qualquer coisa que a criançada tenha curiosidade de saber.

O aluno André Vitor Martini do 6º ano disse que ficou muito feliz por saber que a escola onde estuda venceu uma disputa nacional. “Aprendemos muito com o Eleitor Mirim desde como funciona uma eleição, como montar uma chapa e as propostas e isso nos mostrou que a política é formada de bons políticos e nem todos são corruptos”, comenta

Segundo a diretora da Escola José Pasqualini Ana Lucia Siqueira, na eleição do Programa Plenarinho quem concorreu foi o município de Corupá, pois a chapa Justinho representou toda a região Norte do Estado e concorreu com mais quatro candidatos de escolas de Campina Grande do Sul (PR), Governador Valadares (MG), Joaçaba (SC) e Votorantim (SP). “A vitória nos enche de orgulho, pois por meio desse Projeto os alunos de nossa escola aprenderam como funciona a política e o processo eleitoral sendo esses jovens que farão a nova política no futuro”, comenta Ana Lucia.

O prefeito João Carlos Gottardi e a secretária municipal de Educação e Cultura Rosane Martini Berti, parabenizaram os alunos, professores envolvidos e direção da escola pela conquista. “É um orgulho para nosso município termos uma escola daqui vencedora deste projeto que é reconhecido nacionalmente. Isso demonstra o empenho de todos da escola e de todo o município em votar e mostrar a união em prol de um objetivo comum”, comenta o prefeito

Mais sobre o Programa Plenarinho

O Plenarinho é um programa de relacionamento da Câmara dos Deputados com a comunidade, de caráter educativo, voltado para o universo infantil: crianças de 7 a 14 anos, pais e professores. O programa ancora-se no portal na internet -www.plenarinho.leg.br – e inclui as ações Câmara Mirim e Eleitor Mirim, bem como a produção e distribuição de material impresso. Seu slogan é: “O jeito criança de ser cidadão”.

Por meio de uma linguagem acessível e lúdica, o Portal Plenarinho informa sobre o Poder Legislativo – elaboração de leis e atuação parlamentar -, política, democracia e organização do Estado. Outros temas sociais e educativos relacionados ao cotidiano infantil também são abordados, como saúde, meio ambiente, educação e lazer.

O Câmara Mirim é realizado todos os anos no mês de outubro. Crianças apresentam e votam projetos de lei de sua autoria, em uma simulação da sessão legislativa ordinária no Plenário da Câmara. No caso do Eleitor Mirim, promovido a cada dois anos, professores e estudantes participam da eleição de candidatos fictícios, desde a campanha até a votação em uma urna eletrônica virtual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here