Início Cidade Sinal analógico de TV em Jaraguá do Sul será desligado dia 5...

Sinal analógico de TV em Jaraguá do Sul será desligado dia 5 de dezembro

170
0
COMPARTILHAR

Jaraguá do Sul está entre as 13 cidades do interior de Santa Catarina que terão o sinal analógico de televisão desligado a partir do dia 5 de dezembro de 2018. A programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital, com imagem e som de cinema.
A informação foi confirmada pela Diretora de Operação Regional da Seja Digital, Cheila Zortéa, que se reuniu com o Diretor de Comunicação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, nesta terça-feira (17), no sentido de solicitar apoio do Município na divulgação das mudanças. A Seja Digital é a entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o digital da televisão aberta no Brasil. Criada por determinação da Anatel, a entidade tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits gratuitos com antena digital e conversor com controle para as famílias de menor renda atendidas pelo Governo Federal.
Conforme Cheila Zortéa, além de Jaraguá do Sul, Blumenau, Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Gaspar, Guaramirim, Indaial, Luiz Alves, Massaranduba, Pomerode, São Francisco do Sul e Schroeder também terão o sinal analógico desligado neste mesmo período.
Segundo a diretora, a migração do sinal analógico de TV para o sinal digital representa um grande avanço tecnológico e coloca o Brasil no mesmo patamar de países como Estados Unidos e Reino Unido. Ao ser desligado, o sinal analógico de TV vai liberar a faixa de radiofrequência dos 700 MHz e permitir que as operadoras de telefonia móvel possam ativar a tecnologia 4G, que é mais veloz, tem melhor qualidade, e maior cobertura, inclusive em ambientes fechados.
Para informar e preparar a população, a estratégia da Seja Digital é implementar campanhas e ações que mantenham a entidade muito próxima das comunidades menos digitalizadas em cada uma das cidades. É o que acontecerá em Jaraguá do Sul, de acordo com o Diretor de Comunicação da Prefeitura, Giovane Mazzini. “Como estamos no mês de aniversário de Jaraguá do Sul, com uma programação variada em vários locais e públicos diversificados, daremos a oportunidade para a Seja Digital divulgar o serviço, que é de muita importância para a população, já que a mudança irá implicar na perda do sinal de TV do sistema atual”, comenta.
A Seja Digital já fez esta ação em mais de 600 cidades brasileiras, por meio de campanha com filmes na TV e na internet, peças de comunicação por toda a região e equipes atuando em locais estratégicos para abordar a população e orientar sobre a instalação da antena, do conversor e como fazer o agendamento para retirar o kit gratuito.
A Seja Digital tem como parte de suas atribuições distribuir kits gratuitos com antena e conversor para a população de menor renda atendida pelo Governo Federal. A lista com os nomes é fornecida pelo Governo Federal para que a Seja Digital informe ao público por meio de cartas e campanhas de comunicação e possa agendar a retirada dos equipamentos. Os kits gratuitos são compostos de antena digital e conversor com controle remoto. Em Jaraguá do Sul, existem 8.300 famílias inscritas no Cadastro Único e têm direito ao kit.
Para saber se tem direito ao kit gratuito, basta acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. Se o nome estiver na lista, deverá escolher dia, horário e local para agendar a retirada do kit gratuito. Caso não esteja na lista, basta preencher o formulário com os dados de contato para que a pessoa possa receber em primeira mão a orientação necessária sobre como preparar sua residência para receber o sinal digital de TV.
Sobre a Seja Digital
A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here