Início Cidade Decretada Situação de Emergência em Jaraguá do Sul por causa da paralisação...

Decretada Situação de Emergência em Jaraguá do Sul por causa da paralisação nacional

254
0
COMPARTILHAR

Foi publicado no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira (28), o Decreto Nº 12.091/2018, assinado pelo prefeito Antídio Aleixo Lunelli, criando o “Comitê de Gestão de Crise” e que declara Situação de Emergência no Município de Jaraguá do Sul. A decisão pelo Decreto ocorreu na noite deste domingo, após reunião na Prefeitura, com gabinetes do prefeito e do vice, secretários e diretores municipais, e representantes das polícias Militar e Civil, Bombeiros Voluntários, hospitais, Fujama, Samae, Ambiental, Issem, Procuradoria e Controladoria do Município.

O objetivo foi avaliar as consequências da continuidade da greve dos caminhoneiros e o impacto do movimento de paralisação que tomou proporções em todas as regiões do País, especialmente neste fim de semana, e agravada principalmente pela falta de combustíveis, que compromete a prestação de alguns serviços no município. Diante disso, todos os representantes dos órgãos públicos e prestadores de serviços como o atendimento dos bombeiros, polícias, abastecimento de água, tratamento de esgoto, entre outros, apresentaram um resumo sobre a atual situação.

Uma das primeiras medidas adotadas pela Administração Municipal ainda na semana passada foi reduzir o uso dos veículos da Prefeitura, reiterada durante a reunião pelo secretário da Administração, Argos Burgardt, de que somente poderão circular em situações consideradas urgentes. Tal medida se estende a todas as secretarias e autarquias municipais.

Em relação aos serviços prestados pelos hospitais, ambas as unidades (Hospital Jaraguá e Hospital São José), estão com a situação controlada por mais alguns dias. No caso do Hospital Jaraguá, existem insumos para as operações até a próxima quarta-feira, com a suspensão de cirurgias eletivas. Já o Hospital São José tem condições de manter o funcionamento das operações por um período de cinco dias, também suspendendo as cirurgias não emergenciais. Já os serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde não sofrerão alteração. De acordo com o secretário Dalton Fernando Fischer, o fornecimento de medicamentos e insumos está assegurado pelos próximos dez dias. “A maior preocupação é com o deslocamento dos servidores de suas casas até os locais de trabalho, já que temos profissionais que residem fora de Jaraguá do Sul e estão com dificuldades de conseguir combustível para o deslocamento”, informou ele.

Já na Educação, o secretário municipal Rogério Jung informou que não há necessidade de interromper as aulas na rede municipal de ensino e nos centros municipais de educação infantil, já que existem alimentos para a merenda escolar para os próximos dias e gás de cozinha até terça-feira da próxima semana (5 de junho).

O secretário de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi, informou que neste começo de semana será mantido o esquema de funcionamento do transporte coletivo, já anunciado na última sexta-feira (25), ou seja, com os ônibus circulando a partir das 4 horas desta segunda-feira (28), atendendo especialmente os horários de pico no Município.

A secretária de Assistência Social e Habitação, Maria Santim Camello, relatou que não há maiores problemas nos serviços da pasta, sendo mantidos os atendimentos nos Creas e Cras e com suprimentos suficientes para as crianças e adolescentes que estão no abrigo, por duas semanas pelo menos.

Atualmente, um dos serviços mais prejudicados é a coleta de lixo doméstico, que está suspenso desde a manhã da última sexta-feira (25). De acordo com relatos dos representantes da empresa Ambiental e do Samae, existem aproximadamente 200 toneladas de lixo a serem recolhidas nas residências e mais 100 toneladas depositadas em carretas na estação de transbordo na região de Nereu Ramos. A maior dificuldade está em transpor os quatro pontos de manifestação existentes no trecho entre Jaraguá do Sul e a cidade de Mafra, onde está localizado o aterro sanitário que recebe estes resíduos. O transporte poderá acontecer ainda na noite deste domingo, com escolta policial. Uma nova reunião para debater alternativas de solução ao problema está agendada para as 8 horas desta segunda-feira (28), na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito. Na mesma oportunidade, será tratada a questão do tratamento de água e esgoto, já que deve ser buscado insumo para o tratamento de esgoto na cidade de São Bento do Sul ainda nesta segunda-feira.

Os eventos esportivos previstos para acontecer nesta semana pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer devem ser cancelados, entre eles o Dia do Desafio que está agendado para o dia 30. Também deve sofrer alteração o Campeonato Municipal de Bocha, que teria rodada nesta terça-feira (29).

Na agricultura, um dos maiores problemas é o fornecimento de ração para 12 aviários instalados no interior de Jaraguá do Sul. Embora não haja bloqueio nas rodovias para o transporte de rações, não há produção nas fábricas, o que agrava ainda mais a crise no setor.

A Fujama, juntamente com Samae, Secretarias de Obras, Administração, CDL e demais parceiros mantém o programa Bota Fora neste começo de semana, fazendo a partir das 7h30 desta segunda-feira (28), o recolhimento dos materiais depositados pelos moradores dos bairros Centenário, Vila Lalau e Vila Baependi.

Diante de todos os fatos relatados, a Chefe de Gabinete do Prefeito, Emanuela Christian Wolff informou a decretação de Situação de Emergência com validade de 20 dias, a contar do dia 24 de maio, data em que foi publicado decreto sobre a alteração dos horários do transporte coletivo no Município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here