Início Destaques JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA E PROFESSOR ACUSADO DE ASSEDIAR ALUNOS VAI PARA...

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA E PROFESSOR ACUSADO DE ASSEDIAR ALUNOS VAI PARA A CADEIA

1557
0
COMPARTILHAR

A polícia militar cumpriu na última terça-feira (11) o mandado de prisão preventiva expedido pela justiça de Jaraguá do Sul contra o professor, Diogo Tiburski, 24 anos, acusado de assediar sexualmente alguns dos seus alunos. Embora a prisão tenha sido motivada pelas suspeitas da prática do mesmo crime há alguns anos em Jaraguá do Sul, as acusações recentes em Corupá fortaleceram os argumentos no inquérito policial, elaborado pela delegada titular da delegacia de proteção à criança, adolescente, mulher e idoso, Milena de Fátima Rosa, e foram suficientes para convencer a justiça. Segundo informações repassadas ao jornal, o acusado está numa ala conhecida como “seguro”, onde são colocados os presos que podem sofrer represália dos outros detentos em virtude do crime cometido. Ainda, segundo a fonte, o advogado de defesa do professor ingressará com um pedido de habeas-corpus para que ele possa responder às acusações em liberdade. Enquanto não houver uma decisão em torno do assunto, o acusado permanecerá recolhido no presídio regional de Jaraguá do Sul por tempo indeterminado, à disposição da justiça.

O Crime

Segundo as acusações, o professor enviava fotos suas nu a alguns dos seus alunos, convidando-os à prática sexual. O caso foi revelado, com exclusividade, pelo jornal O Corupaense e desde lá, novas denúncias chegaram ao conhecimento da delegacia local. Assim que estiver concluído, o inquérito policial envolvendo os supostos assédios em Corupá será encaminhado à justiça, fortalecendo as acusações contra o professor, que já era investigado pelo mesmo crime em Jaraguá do Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here