Início Destaques Surgem novas denúncias contra professor de Corupá por assédio sexual

Surgem novas denúncias contra professor de Corupá por assédio sexual

1673
0
COMPARTILHAR

Após a revelação, com exclusividade, pelo site timfrancisco.com.br, do assédio de um professor da rede municipal de ensino de Corupá, de 24 anos, contra um adolescente da mesma unidade, outras supostas vítimas procuraram a delegacia local para afirmar que também foram assediadas pelo educador. Segundo relatos, o professor, que já estaria sendo investigado pelo mesmo crime em Jaraguá do Sul, enviava por meio de aplicativo fotos nuas sua aos estudantes e frases eróticas, convidando os adolescentes para a prática de ato sexual. Na semana passada, equipes da delegacia de polícia cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do acusado, recolhendo computadores e telefones que possam comprovar o crime. Todo o material será periciado e anexado ao inquérito policial que está sendo finalizado pela equipe da polícia civil de Corupá, que investiga outros casos de abusos sexuais contra crianças no município.

Tentativa de latrocínio

A polícia civil de Corupá encaminhou na semana passada ao fórum de Jaraguá do Sul o inquérito, concluído em tempo recorde, onde apura a tentativa de homicídio contra Marcos Melchert, 36 anos, ocorrida no último sábado (27), na residência da vítima, às margens da BR 280. Na ocasião, ele foi atingido por três golpes de faca, no abdômen, no braço e outro no pescoço. Levado ao Pronto Atendimento local, Marcos foi transferido para hospital e maternidade São José, em Jaraguá do Sul, onde permaneceu internado até quarta-feira (29). Ouvido pelo agente, Toni Isperling Rodrigues, ele contou que os acusados chegaram a sua casa e após uma discussão, tentaram retirar o dinheiro da sua carteira. Como não permitiu, acabou sendo atacado com uma faca. Em depoimento, os supostos envolvidos negam a autoria do crime.

Incêndio em residência

A equipe da polícia civil de Corupá esclareceu as causas do incêndio que ocorreu na última quarta-feira (29), numa residência de madeira, na Rua Roberto Seidel, no centro do município. Na ocasião, o fogo destruiu quase que completamente a casa, além de uma moto e um fusca que estavam na garagem. Segundo apurou a investigação, o incêndio começou quando dois menores, já identificados, tentaram ligar a moto de trilha, que acabou pegando fogo que se espalhou pelo local. Na fuga, os jovens esqueceram uma mochila que ofereceu fartos elementos para que fossem identificados. Ouvidos, disseram que queriam “dar um passeio”. O inquérito também já foi concluído e será enviado à delegacia de proteção à criança, adolescente, mulher e idoso de Jaraguá do Sul, para depois remoção à justiça.

Frustração

Após intensa investigação, a polícia civil de Corupá conseguiu identificar os supostos autores de diversos furtos que foram praticados na cidade. Com base das informações colhidas, o inquérito policial foi concluído e encaminhado ao Fórum de Jaraguá do Sul, com pedido de prisão preventiva dos acusados. No entanto, a justiça negou a solicitação e os acusados permanecerão soltos.

Nova viatura

A delegacia de polícia de Corupá receberá nos próximos dias uma viatura 4X4 que auxiliará no trabalho de investigação dos agentes locais. A confirmação foi feita pelo delegado regional, Adriano Spolar, após receber a solicitação do agente Toni Isperling Rodrigues, responsável pela delegacia local. Atualmente, além de um veículo descaracterizado, a polícia civil de Corupá conta, apenas, com uma viatura pequena, que não oferece condições de acesso aos locais bastante íngremes, muito comuns no município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here